quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Falsifique Cyanide and Happiness

Irmão and me.



Morri.
Sem saco, cansei do blog.


- E não, não vou volta pra cá em 3 dias como de custume =P







(Comentarios) Diz aí:

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Eu queria ser Cazuza

Eu queria ser Cazuza
Pra nascer exagerado
E me jogar aos teus pés
Pra fazer o dia nascer feliz
Ser teu pão e tua comida
Te dar todo amor que houver nessa vida
Eu queria ser Cazuza
Só pra dizer q nunca sofri por amor
E que o meu Brasil vai ensinar o mundo
Nem que seja por quase um segundo
Eu queria ser Cazuza
Pra saber que só as mães são felizes
Eu queria ser Cazuza
Pois ele inventava o amor
Mesmo nos piores momentos
Em que sentia dor
Era pura Ideologia
Com prazer e risco de vida
Idéias abertas no museu das novidades
Eu queria ser Cazuza
Por quer preciso dizer que te amo.


Juliana Blanc 30/01/07

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Gêmeos.

Os nativos de Gêmeos são leves, alegres e brincalhões. Parecem nunca levar nada a sério. São espontâneos, curiosos, inteligentes, agitados, nervosos, falantes, joviais e nada monótonos. Como seu símbolo; Castor e Pólux, eles possuem uma personalidade mutante, dual e instável. Possuem uma grande inquietude interior e isso faz com que necessitem constantemente de mudanças de ambiente, de assunto, de conversas ou de interesses. Não são muito sensuais e muitas vezes lhe agrada mais uma conversa interessante do que simplesmente a beleza de uma pessoa. A comunicação e a compatibilidade intelectual na vida afetiva é sempre muito importante para eles. Muitas vezes parecem ser eternas crianças grandes e a alegria sempre será um elemento fundamental nas suas relações de afeto ou de amizade.
Freqüentemente se sobrecarregam de coisas para fazer e lugares para ir, por isso, suas vidas são sempre muito agitadas. Eles precisam de variedade e não suportam monotonia e tédio. Fazem qualquer coisa para preservar a sua independência e a sua individualidade. Em suas vidas, sempre haverá espaço para muitos amigos, a troca de idéias é fundamental.
Muitas vezes, parecem amar mais com a cabeça do que com o coração. Não raro, carecem de concentração por serem um pouco distraídos. Mas são extremamente adaptáveis e flexíveis.
Embora tenha um raciocínio lógico, racional, por trás desse jeito intelectual existe muitas vezes uma pessoa ingênua e confusa. Como é ansioso por conhecer o máximo de coisas possível, acaba não tendo paciência de se aprofundar em nada, podendo se tornar um pouco superficial. Seus maus humores repentinos são famosos, e nessa hora o melhor é sair de perto até que passe. É alguém que precisa estar sempre em movimento e não gosta de ficar sozinho.
Também pode ser falso, "duas caras", fofoqueiro, mentiroso e um grande cara-de-pau. Você não é confiável. É sinistro! No trabalho, faz amizade com todos como se fosse o melhor amigo e depois entrega todo mundo pro chefe. Você é tão safado que ninguém desconfia de você. Você adora ferrar os outros e depois ficar rindo na/da cara deles. Não tem nenhum conceito de moral e tem caráter duvidoso. Além disso, todos o consideram um canalha mal-resolvido.

Fazer o que, ninguém é perfeito


(Comentarios) Diz aí:

sábado, 2 de fevereiro de 2008

Teste de Pureza.

http://www.geocities.com/bourbonstreet/bayou/8433/testedepureza

Eu sou 65,1% pura. HAHA!!

Rpz eu lembro da primeira vez que fiz isso. Há uns 2 anos atrás, e eu era algo perto de 75% pura, perdi 9,9% da minha pureza em 2 anos, se eu continuar assim em uns 6 anos e meio mais ou menos eu vou ser 0% pura e 100% impura?
Deus do ceu! ;O
Maaaaaaaaas como eu sei que tem questões ali impossiveis de eu marcar, posso ate ficar em 20% de pureza mais jamais 0%. (6)
O mais engraçado é que eu fui refazer o teste e deu 61,7%.
Mas como isso é possivel?
Já que eu não fiz nada de errado em 24h, bem... err... hum, assim eu acho.

x]~




(Comentarios) Diz aí:

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

Compulsão assassina. (?)

Já te veio a cabeça aquela idéia de que vc poderia matar alguém e ninguém suspeitaria, ou é pq eu sou anormal?
Lembro-me assim dos meus 15/16 anos que eu assistia muito³³³ filme de suspense, era viciada mesmo.
Mamãe vivia a brigar comigo (se bem que ela briga cmg por qualquer besteira) “Juliana tu não aluga um filme que presta”.
Mal sabia ela [su].
Assim, eu ia juntando os pedaços de cada filme, ia corrigindo e aprendendo com os erros dos outros. Pronto o crime perfeito, sem suspeitas.
HAHA!
Dia desses eu assistindo o CSI (vicio *.*) me fez relembrar alguns fatores.
Pq tipo, os caras são muito bons, e usam toda aquela puta tecnologia avançada, quase um Minority Report, tão mesmo quase ao ponto de preverem os crimes.
Fato é, que eu já tinha meu perfil traçado para uma possível vitima, não poderia ser uma pessoa próxima (ate pq eu não mataria quem eu gosto), tinha que ser alguém que tenha pouco contato com a família, viva só, sem muitos amigos, que provavelmente esteja aqui estudando ou coisa parecida, pq se sumisse de casa por varias dias ninguém notaria sua ausência.
Depois era só ter cuidado com as digitais (obvio), fios de cabelo, saliva, qualquer coisa que possa indicar presença de DNA.
Problema maior seria o que eu faria com a vitima, já que eu não consigo ver ninguém matando um bicho, dirá eu assassinando/abrindo alguém por pura falta do que fazer.

Mesmo assim, as vezes eu me assusto comigo mesma.





(Comentarios) Diz aí: