sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Enviesada

Um dia desses quase procurei;
ia dar de cara, fingir um acaso inventado e fazer cara de indiferente.
Às vezes me dá um isso meio louco, que me atormenta a cabeça e me canta poesias passadas — trocadas.
Fico feito o mordomo silencioso, escutando atrás das portas, ávido por notícias.
Terá esquecido mesmo?
De mim eu sei (às vezes): finjo que esqueço mas é só pra ser difícil.
Deixo aqui o recado, que é pra não causar surpresa, (não sou dessas):
Te prepara que qualquer dia não apareço mais.

L. S. Dias

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

The only exception



"Talvez eu saiba, em algum lugar, no fundo da alma, que o amor nunca dura. E temos que arranjar outros meios de seguir em frente sozinhos ou ficar com uma cara boa..."

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

XIII

terça-feira, 23 de novembro de 2010

XII

"Dance, até a última batida, até seu corpo pedir descanço, até as pernas continuarem se mexendo, dançar é o único remédio para as mágoas..."

Eu faço uma seleção de músicas animadas. Aperto o play. Me vem mil ideias na cabeça. A sensação de que vai dar certo. Eu sinto vontade de mudar.
Fico com aquele sorrisinho besta no rosto tentando mostrar pra mim mesma que eu estou feliz.
Mas o que adianta?
É sempre essa mesma história... São sempre os mesmos dias, as mesmas pessoas, o mesmo caminho, os mesmos traumas. Todos os dias. Isso cansa, as pessoas cansam. E finalmente, a vida tende a estar cansada.
É muito chato tudo isso. Me ver tão presa nesses dias chuvosos ou não. Não dá pra ser incompleta a vida inteira.
Quando deito a cabeça no travesseiro e durmo, já acordo com a sensação de que deveria ter morrido. No final, ajo por impulso.
Acho que vai ser melhor. Mas vem uma onda tão forte e me derruba, que eu mal sinto vontade de lutar contra a correnteza.

.

Um ponto de paz era tudo o que eu queria agora. (@thaaazinha)

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

XI

A irônia do amor
1. Amar a pessoa certa no tempo errado
2. Amar a pessoa errada quando o tempo está certo
3. Amar a pessoa certa no tempo certo, mais ela estando longe

Maneiras de morrer mais cedo

1. Fume um cigarro diariamente. - Você morrerá 10 anos mais cedo.
2. Beba álcool diariamente. - Você morrerá 30 anos mais cedo.
3. Ame alguém que não te ama de volta. - Você morrerá todos os dias.




Eu te odeio, com todo meu amor!

domingo, 7 de novembro de 2010

X

E uma compulsão horrível de quebrar imediatamente qualquer relação bonita que mal comece a acontecer. Destruir antes que cresça. Com requintes, com sofreguidão, com textos que me vêm prontos e faces que se sobrepõem às outras. Para que não me firam, minto. E tomo a providência cuidadosa de eu mesmo me ferir, sem prestar atenção se estou ferindo o outro também. Não queria fazer mal a você. Não queria que você chorasse. Não queria cobrar absolutamente nada. Por que o Zen de repente escapa e se transforma em Sem? Sem que se consiga controlar.

Caio F.



"A liberdade é a possibilidade do isolamento. Se te é impossível viver só, nasceste escravo...."

domingo, 31 de outubro de 2010

IX

"(...) Eu nunca vou entender porque a gente continua voltando pra casa querendo ser de alguém, ainda que a gente esteja um ao lado do outro. Eu nunca vou entender porque você é exatamente o que eu quero, eu sou exatamente o que você quer, mas as nossas exatidões não funcionam numa conta de mais...

Mas aí, daqui uns dias.... você vai me ligar. Querendo tomar aquele café de sempre, querendo me esconder como sempre, querendo me amar só enquanto você pode vulgarizar esse amor. Me querendo no escuro. E eu vou topar. Não porque seja uma idiota, não me dê valor ou não tenha nada melhor pra fazer. Apenas porque você me lembra o mistério da vida. Simplesmente porque é assim que a gente faz com a nossa própria existência: não entendemos nada, mas continuamos insistindo."



Tati Bernardi

terça-feira, 19 de outubro de 2010

A importância do bem julgar


O arcano VIII do Tarot, chamado “A Justiça”, emerge como arcano conselheiro para este seu momento em particular, Juliana, lembrando a importância da reflexão fria e analítica em relação aos fatos do mundo. Há momentos em que de nada adianta reagir emocionalmente às circunstâncias, em que é melhor se recolher e avaliar as coisas a partir de uma perspectiva mais fria, mais elevada. O importante, no momento, é julgar da forma mais imparcial possível. Procure ao máximo agir de maneira diplomática neste momento, Juliana. Você vai precisar, pois o momento assim exige. As circunstâncias poderão ficar bem difíceis e a tentação de agir de uma maneira impulsiva será muito grande. Segure a onda!

Conselho: Mantenha uma postura reflexiva diante dos fatos da vida.

sábado, 9 de outubro de 2010

VIII

Juliana um dia descobriu que, se ela quisesse ser amada, teria que começar a amar. Então tentava dia-a-dia demonstrar o seu carinho pelas pessoas que a cercavam. Aprendeu a abraçar, beijar e dizer que gostava. Aprendeu a pedir carinho também, afinal ninguém adivinha quando a gente quer cafuné ou não. Mas pedir não era bem uma habilidade.
Não se sabe se foi perceptível, mas Juliana mudou muito em relação a proximidades.

Juliana agora perdeu a vontade, a vontade de amar, a vontade de demonstrar o amor. Juliana perdeu a vontade de querer ser amiga. E o mais dolorido disso tudo e que, querendo ou não, as escolhas vão levá-la cada vez mais para longe.

Ela sabe que para sempre poderá voltar para sua casa. Porém atormenta Juliana, dúvida muito que nessas condições ela queira voltar.







(Thereza.)

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Hello, Stranger

"Um homem sábio uma vez disse: "Você pode ter qualquer coisa nessa vida se sacrificar todas as outras por isso". O que ele quis dizer é que tudo tem seu preço. Então antes de entrar numa batalha, é melhor você decidir o quanto você está disposto a perder. Muitas vezes, ir atrás daquilo que faz a gente se sentir bem significa abrir mão do que você sabe que é certo. E deixar uma pessoa entrar significa derrubar o muro que voce passou a vida inteira construindo. É claro que os sacrifícios mais pesados são aqueles que aparecem de repente. Quando não temos tempo de pensar em uma estratégia para escolher lados… ou para avaliarmos a possivel perda. Quando isto acontece, quando a batalha nos escolhe, e não o contrário, é quando o sacrifício pode acabar sendo maior do que se pode suportar."

Meredith Grey

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Nostalgia.

"Os romances que não se alternam em tragédias e comédias são insossos e não se tornam belas histórias"

E cheguei a conclusão que, não importa o quanto eu tente ter romances normais,os romances complexos me perseguem. Ou sou eu que tenho mania de perseguição? Enfim,nem todos os que vivi se tornaram belas histórias, talvez um ou dois. Os que derramaram lágrimas, deixaram marcas, mas também fizeram sorrir. E de vez em quando é bom lembrar dos tempos áureos em que o amor se fez presente. Ainda se faz, porém,não nas mesmas circunstâncias. Tempo em que os dias eram noites, as noites eram dias, e o tempo era redundante. Quando o tempo passa, e as feridas cicatrizam, as lembranças tornam-se boas, e resta apenas uma terna nostalgia de um amor que passou.



(Iara Luna)

domingo, 7 de março de 2010

2007.2

Aquela hitoria de 2007, pois bem... voltamos na versão beta, atualizadissimas, 2.2 e botando pra quebrar!

=D



"Se deus agora quiser, que reze para que nós o atenda."

sábado, 2 de janeiro de 2010

Começou 2010!

E eu só tenho uma coisa pra dizer, vai ser MEU ano!