terça-feira, 23 de novembro de 2010

XII

"Dance, até a última batida, até seu corpo pedir descanço, até as pernas continuarem se mexendo, dançar é o único remédio para as mágoas..."

Eu faço uma seleção de músicas animadas. Aperto o play. Me vem mil ideias na cabeça. A sensação de que vai dar certo. Eu sinto vontade de mudar.
Fico com aquele sorrisinho besta no rosto tentando mostrar pra mim mesma que eu estou feliz.
Mas o que adianta?
É sempre essa mesma história... São sempre os mesmos dias, as mesmas pessoas, o mesmo caminho, os mesmos traumas. Todos os dias. Isso cansa, as pessoas cansam. E finalmente, a vida tende a estar cansada.
É muito chato tudo isso. Me ver tão presa nesses dias chuvosos ou não. Não dá pra ser incompleta a vida inteira.
Quando deito a cabeça no travesseiro e durmo, já acordo com a sensação de que deveria ter morrido. No final, ajo por impulso.
Acho que vai ser melhor. Mas vem uma onda tão forte e me derruba, que eu mal sinto vontade de lutar contra a correnteza.

.

Um ponto de paz era tudo o que eu queria agora. (@thaaazinha)

Nenhum comentário: