segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Estado civil: desinteressada.

Tirando o estress que me fizeram passar com a mesma palhaçada 3 vezes na semana passada... devo dizer que essa minha fase 'zen' é a melhor da minha vida, desde de abril, quando saí daquela vibe carniça, num tem.
Adoro não ter que me precupar com certos sentimentos, com sentimentos alheios, que é a melhor coisa do mundo sair com meus amigos. Ficar bebendo com as amigas, falando merda atééééééé cansar, falando mal da vida alheia, jogando praga em que a gente não gosta e debatendo politica de uma forma escrota.
Que não tem nada melhor que tuuuudo isso.
Quando o ano começou eu achei que ele ía ser o pior de todos, e todo mundo com aquela historia de "2000inove" inove é o cacete, mas o tempo foi passando e as coisas a cada dia que se passava ficavam melhores ainda, e só tendem a melhorar =D
Não, eu não sou lesbica, não sou bi e muito menos assexuada, mas o meu novo estado civil de total desinteresse ta fazendo perceber que a pessoa mais importante na minha vida sou EU, que estou em primeiro lugar, em segundo e em terceiro, que só depois é que os outros aparecem.
Nunca me arrependi por já ter me humilhado, pq pelo menos posso dizer que tentei, e que se não deu certo não foi por culpa minha, mas o melhor de tudo é que aprendi a me amar mais ainda e que hoje vivo bem melhor com isso.
Se deixei de ter alguns sentimentos e me tornei mais fria com o tempo, foda-se! Porque eu bato no peito e digo SOU MAIS FELIZ DO MEU JEITO! ;D (E isso não tem nada haver com deixar de amar. )

Um comentário:

RST disse...

O amor próprio é lindo...também amo me amar :D